[RUMOR] Vazamento sugere que o próximo Assassin’s Creed se passará na China

O próximo Assassin’s Creed se passará na China? É o que um empregado afirma, supostamente trabalhando na animação do jogo. Segundo ele, o futuro lançamento se chamará “Assassin’s Creed Dynasty” (“dinastia”, em inglês).

Falando exclusivamente para o site PlayStation Universe, a tal fonte do vazamento trabalha na Technicolor com base em Bangalore na equipe de animação e afirma que está trabalhando no novo Assassin’s Creed agora mesmo.

A equipe de animação da Technicolor trabalhou em muitos grandes jogos no passado, incluindo as franquias FIFA, Call of Duty e Resident Evil. E parece que a Technicolor também já trabalhou com o Ubisoft no passado.

Será que esse Assassin’s Creed Dynasty é o próximo grande jogo da franquia?

Dynasty” poderia ser apenas um codinome do um novo Assassin’s Creed. Isso não seria incomum, já que o Ubisoft usava o codinome “Empire” para Assassin’s Creed Origins, o qual vocês mesmos já viram citado diversas vezes aqui na época dos rumores antes do anúncio.
No entanto, sabemos que a palavra ‘Dinastia” é praticamente sinônimo da China. E o período mais conhecido é, sem dúvida, a Dinastia Ming, o qual a Ubisoft já abordou no passado com Assassin’s Creed Chronicles: China, um jogo de plataforma 2.5D no qual jogamos com a personagem Shao Jun, aprendiz de Ezio Auditore e que apareceu pela primeira vez em Assassin’s Creed: Embers. Podemos supor que “Asssassin’s Creed Dynasty” poderia apresentar Shao Jun, continuando sua história no período da Dinastia Ming.

Claro que existem outras dinastias também! Como por exemplo no Japão a Dinastia Yamato, que também é chamada de Casa Imperial do Japão. Também faria um ótimo cenário e sabemos o quanto os fãs esperam por um Assassin’s Creed situado no Japão.

 

Tradução, revisão e adaptação feitas por mim.
Fonte: PlayStation Universe (em inglês)

 

UPDATE!

Quando perguntado sobre “Dynasty”, o jornalista Jason Schreier, do site Koyaku, respondeu em seu Twitter:

"Eu acredito que o codinome (Dynasty) é real, mas a parte sobre a China é inventada.
“Eu acredito que o codinome (Dynasty) é real, mas a parte sobre a China é inventada”.

Vale lembrar que a Kotaku já foi responsável por várias informações que acabaram se confirmando verdadeiras. Seria esse outro apontamento para um jogo situado no Japão?

 

Estarei atualizando esse artigo caso surgam novas informações.

 

 

E então, novices? Será que procede? O que vocês acham?
Prefere um jogo situado na China ou no Japão? Digam aí nos comentários!

 

About TDCAUGirl 31 Articles
Apaixonada por música e games desde a infância e também por artes de um modo geral. Grande fã de Assassin's Creed, fascinada com a franquia e seu universo tão vasto e profundo, repleto de possibilidades.

1 Comment

  1. É bom saber, nesta altura do campeonato, sobre esses rumores. Acho que Assassin’s Creed Origins ainda tem muita lenha para queimar, mas é bacana manter o hype “elevado” para novos jogos.

    A única coisa que, eu acho, eles deveriam fazer algo mais forte para o tempo presente (na verdade, colocar um tempo presente de volta na franquia). O que fizeram no Origins é muito fraco e está bastante aquém do que já foi mostrado anteriormente. Até mesmo jogos que colocaram o jogador em primeira pessoa conseguiram mostrar mais relevância do que o mostrado em Origins… Enfim.

    Acho bem difícil, mas poderiam lançar uma DLC foda nos contando mais sobre o tempo presente que os fãs passaram tantos anos em contato.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*