[TEORIA] Assassin’s Creed Valhalla – Seria Odin uma manifestação do Isu Consus?

De todas as teorias possíveis sobre a identidade do homem encapuzado visto no trailer em CGI de Assassin’s Creed Valhalla, duas delas provavelmente chegam mais perto da realidade: um mentor Assassino ou um Isu. Com base nessa segunda hipótese, podemos presumir que esse Isu poderia muito bem ser o próprio cientista Consus. 

RÁPIDO RESUMO: Consus (ou Conso) foi um Isu, que antes de morrer transferiu sua consciência para o Sudário do Éden, Peça Isu criada por ele mesmo para curar os feridos da Guerra da Unificação (confronto armado entre os próprios Isus). Ao longo da história, Consus se comunicou com pessoas e influenciou a História Humana, estando diretamente ligado às mitologias e períodos históricos (Titã Prometeu, Jasão e os Argonautas, Vozes de Joana d’Arc, Julgamento das Bruxas de Salém e etc). Talvez ele esteja de algum jeito se comunicando com o(a) viking Eivor, na forma de Odin, o deus nórdico. E, por algum motivo, influenciando as invasões viquingues à Inglaterra.

SENTA QUE LÁ VEM LORE…

O texto a seguir contém SPOILERS de: AC Odyssey (DLC de Atlântida), AC Syndicate, AC Heresia (Livro), AC Project Legacy (Facebook Game), AC Julgamento Pelo Fogo (HQ) e AC Insurreição (HQ).

Como muitos já devem saber a essa altura, os “deuses” no universo de Assassin’s Creed são meramente uma interpretação humana dos Isus (vulgo Primeira Civilização). Sob esta ótica, podemos deduzir que, caso as divindades estejam também presentes em Valhalla, com certeza serão uma interpretação/aparição desses antigos seres hi-tech.

CONSUS NA HISTÓRIA HUMANA:

Como aprendiz de Hefesto, ele criou uma das Peças do Éden mais famosas: o Sudário do Éden. Nesse artefato, Consus colocou sua consciência digitalizada antes de morrer, por volta de 1923 da Era Isu (Banco de dados – AC Syndicate).

Kassandra e Azaes – médico Isu – usando o Sudário do Éden em um paciente (AC Odyssey – DLC: O Destino de Atlântida)

Ao longo da História, Consus se comunicou com vários humanos, na tentativa de auxiliá-los a manter o Sudário e outras Peças do Éden longe de mãos erradas. O Isu podia se comunicar com qualquer um que tivesse em posse do Sudário, bem como sussurrar na mente de indivíduos com alta taxa de DNA precursor.

Prometeu trazendo o fogo à    humanidade, por Heinrich Füger

Na mitologia grega, Consus ficou conhecido como Prometeu, o Titã que moldou os primeiros homens e roubou o fogo do Monte Olimpo para permitir que os humanos criassem sua própria civilização. Na Grécia Antiga, Consus entrou em contato com Jasão, o líder dos Argonautas. A mitologia da lã dourada foi toda baseada no Isu e o Sudário (Banco de dados – AC Syndicate).

Joana d’Arc e suas Vozes, por Eugène Romain Thirion

No início do século XV, Consus estava se comunicando com a Santa Joana d’Arc e a guiando em suas batalhas pela França contra os ingleses no final da Guerra dos Cem Anos. Consus falou com Joana disfarçado de São Miguel Arcanjo. Joana ainda ouvia outras duas “Vozes”, que segundo ela eram de Santa Margarida e Santa Catarina (provavelmente outros Isus). Ouvindo essas “Vozes”, Joana pensava que elas estavam proferindo as vontades de Deus. Mais tarde, “Elas” a levaram até a localização de uma Espada do Éden (Livro – AC Heresia).

Giovanni Borgia e Consus (AC Project Legacy)

Em 1498, logo após seu nascimento, Giovanni Borgia chegou malformado e provavelmente beirando a morte. Seu pai, o Assassino Perotto Calderon, foi capaz de curá-lo depois de roubar o Sudário. Ao longo de sua infância, Giovanni teria alucinações com Consus, a quem apenas ele podia ver e fazer amizade. Consus frequentemente falava na cabeça de Giovanni e lhe dava conselhos.

Em 1503, Consus tentou convencer Giovanni a entregar a Maçã do Éden à Fiora Cavazza, quando ela veio buscá-la para os Assassinos, e depois aconselhou Giovanni a ir com o Assassino Francesco Vecellio para se juntar à Irmandade (AC Project Legacy).

Dorothy sendo “possuída” por Consus (HQ – AC Julgamento Pelo Fogo)

Em 1692, de alguma forma ligado à uma jovem chamada Dorothy Osborne, Consus pôde falar através dela, no que pareciam ser Visões. Sua presença desencadeou os eventos que levaram ao Julgamento das Bruxas de Salém, com os Assassinos e Templários lutando para obter o controle de Dorothy e essas manifestações de Consus. Eventualmente, depois que os puritanos liderados pelo Templário William Stoughton a capturaram, Dorothy cometeu suicídio para impedir que os Templários usassem sua conexão com Consus para causar mais mortes inocentes (HQ – AC Julgamento Pelo Fogo).

Na atualidade, os dois Sudários conhecidos foram totalmente destruídos por Assassinos e Templários, e provavelmente a consciência digitalizada de Consus, também (Banco de Dados de AC Syndicate e HQ – AC Insurreição). Mas nada impede que Consus se manifeste, mais uma vez, através das pessoas com alta taxa de DNA precursor.

A grande questão é, supondo que o “Odin” visto no trailer seja real, e não metafórico, poderia Eivor estar sofrendo o mesmo tipo de “invasão mental” por parte de Consus? Se sim, por qual motivo? Este é apenas um, dentre vários mistérios contidos em Assassin’s Creed Valhalla. 

ADENDOS: Vale lembrar que a Isu Aleteia – presente em Assassin’s Creed Odyssey – também foi uma precursora que contatava Kassandra/Alexios e Layla Hassan através de “vozes”, usando sua consciência preservada no artefato Bastão de Hermes Trismegisto. Talvez ela e Consus tenham algum tipo de relação em Valhalla, uma vez que ambos eram conhecidos por serem “Isus benevolentes”.

E vocês, o que acham disso tudo? Deixem nos comentários!

Assassin’s Creed Valhalla chega no final de 2020 para Xbox One, PS4, Xbox Series X, PS5, PC e Google Stadia.

About Guilherme Heinen 1 Article
Fã de Assassin's Creed desde 2012 (sim, eu salvei o mundo junto com o Desmond), editor da #acbr e viúva do Ezio.

2 Comments

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*